Exportar estatísticas

A utilização do regime de urgência no processo de criminalização: uma análise dos Projetos de Lei que incluíram novos tipos ao Código Penal entre 2010 e 2019
Author
Calixto, Glexandre de Souza; Lopes, Iara Maria Machado
Publisher
Brasília : Câmara dos Deputados, Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-identifier-issn
2175.0688
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-isversionof
2021
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-ispartof
E-Legis - Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação da Câmara dos Deputados
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-citation
E-legis, Brasília, n. 36, p. 315-334, set./dez. 2021.
Abstract
Ao tratar do regime de urgência no processo legislativo brasileiro, o trabalho busca interpretá-lo, identificando os efeitos do procedimento para além da previsão regimental. Assim, se objetiva discutir a utilização deste regime na tramitação de Projetos de Lei que acrescentaram nova tipificação ao Código Penal entre 2010 e 2019. Se pretendeu levantar quantitativamente os Projetos que caminharam sob urgência; nos casos afirmativos, analisar se os requerimentos para tal foram justificados e o teor das fundamentações. Por fim, sugestionaram-se proposições de aprimoramento. Além da revisão bibliográfica, foram feitas consultas aos sites da Câmara e do Senado, bem como a análise documental dos projetos de leis. Pôde-se notar a ausência de robustas justificações para pedir e manter a urgência, demonstrando, dentre outras coisas, a transigente aplicação do instituto na prática parlamentar. É premente, assim, a necessidade do pensamento acadêmico se voltar a aperfeiçoar o procedimento, especialmente na área criminal.
Subject
Processo legislativo, Brasil
Criminalização, Brasil
Código penal, Brasil, 2010-2019
Date
09/2021

Show full item record Show simple item record



Files in this item

Name: Size: Format: Visualização
utilizacao_regime_calixto.pdf 322.9Kb Adobe/PDF Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Discovery